Home / Notícias / Coleta seletiva já é realidade em Jequitibá
Coleta seletiva já é realidade em Jequitibá

Coleta seletiva já é realidade em Jequitibá

Na tarde da última quarta-feira, 31, foi lançado oficialmente, na Ilha do Castelinho (Lagoa Pedro Saturnino), o Programa de Coleta Seletiva “Jequitibá Recicla”. A coleta seletiva de resíduos sólidos terá início efetivamente a partir do dia 12 de novembro, em parceria com a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Baldim (Comarb). O evento teve o apoio da WWF Brasil e da Nous Cultura Creativa.

Durante o evento foi apresentada a carta de compromisso que será entregue aos comerciantes da cidade. “A carta é um ato simbólico, sem fins jurídicos, que trata do compromisso em contribuir com a coleta seletiva da cidade”, destacou o prefeito Humberto Reis. Na oportunida, o proprietário do Comércio Sampaio, Eduardo Sampaio, assinou o termo de compromisso se dispondo a contribuir com a coleta seletiva da cidade. “Por enquanto ele foi o único a assinar a carta, porém, esperamos que, assim como ele, os demais comerciantes passem a fazer parte dessa corrente em prol da cidade”, acredita a secretária municipal de Meio Ambiente de Jequitibá, Poliana Valgas.

Estiveram presentes na cerimônia de lançamento do programa comerciantes, representantes da comunidade, servidores públicos, secretários municipais, o prefeito Humberto Reis, membros da Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Baldim, representantes da Rede Sol, do Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis e do Consórcio de Saneamento Básico Central de Minas (Coresab), além do prefeito de Baldim, Alex Vander Martins, e de secretários municipais de Baldim e Caetanópolis.

Dengue
Antes do evento de lançamento do programa, na parte da manhã, foi realizada uma blitz ambiental e uma caminhada pela conscientização da dengue percorreu diversas ruas da cidade. A caminhada contou com a participação de funcionários e alunos da Escola Estadual Vitor Pinto e da Escola Municipal Louirmar Palhares. A ação foi realizada pelas secretarias municipais de Saúde e de Meio Ambiente de Jequitibá.

Ecologia e Economia
Segundo Poliana Valgas, Jequitibá produz aproximadamente 500 toneladas de lixo por ano. Ela acredita que inicialmente 30% desse total possa ser reciclado. “Estamos desde a semana do meio ambiente, em junho, discutindo o projeto. Nosso objetivo é diminuir os resíduos que vão para o aterro sanitário, que atualmente fica em Sabará, a 200Km de Jequitibá. Pagamos a logística e o enterro desse lixo. Com a reciclagem, teremos ganho financeiro com a redução de custos, ambiental com o reaproveitamento de parte do lixo, e social com a geração de emprego e renda por meio da parceria feita junto à Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Baldim”, afirma a secretária.

Para colaborar, basta cada um fazer a sua parte e separar o lixo seco do lixo úmido, descartando nos dias certos de coleta. “Esses resíduos, que muitas vezes são vistos como lixo, têm valor para muitas pessoas que trabalham com esses materiais. A partir do momento em que nós começamos a reciclar, é menos recurso natural sendo usado para produzir outros materiais”, conclui Poliana Valgas.

Confira o álbum de fotos no Facebook da Prefeitura de Jequitibá.

Ascom Prefeitura de Jequitibá
comunicacao@jequitiba.mg.gov.br

Comentar

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Ir para o topo