Home / Notícias / Festival de Folclore de Jequitibá é sucesso de público e lota hotéis e pousadas
Festival de Folclore de Jequitibá é sucesso de público e lota hotéis e pousadas

Festival de Folclore de Jequitibá é sucesso de público e lota hotéis e pousadas

O município de Jequitibá, a apenas 30 km de Sete Lagoas, viveu quatro intensos dias de muita cultura e integração durante a 30ª edição de seu Festival de Folclore, evento que eleva a cidade à condição de capital mineira do folclore. De 6 a 9 de setembro, diversos eventos paralelos somaram ao festival como oficinas, cortejos, missas, teatro, 2º Concurso Gastronômico, FestiVelhas Manuelzão 2018, 8° Encontro de Subcomitês do Rio das Velhas, Festival Internacional de Corais (FIC), 1º Encontro para Desenvolvimento da Cafeicultura na Região Central de Minas Gerais, Feira de Artesanato e carreta-escola do Senac com cursos de turismo e hotelaria.

No palco e pelas ruas, mais de 50 atrações se revezaram entre folias, pastorinhas, guardas, congados, corais, lavadeiras e outros grupos folclóricos, incluindo atrações internacionais (corais do México e do Chile) e artistas como Malaquias da Viola e Grupo Águia Cirandeiras de Minas, Sergio Pererê, Chico Lobo, Chama Chuva, Congadar e Maurício Tizumba e Tambor Mineiro. O público mais uma vez compareceu em peso, tanto a população de Jequitibá quanto turistas da região e de várias partes do Brasil, lotando hotéis, pousadas e até casas de amigos e parentes e pousadas de cidades vizinhas, comprovando a força do evento também no desenvolvimento econômico do município.

folclore

Repercussão
Para a feirante Alcione Silva, que vende licores, conservas, bordados e doces há dez anos na feira de artesanato, é “maravilhoso participar. Sempre vendo bastante. Estarei nos próximos com certeza”. Já a assessora parlamentar Celênia Tavares, de Sete Lagoas, foi dois dias seguidos. “Gostei muito das atrações. As comidas típicas estavam incríveis. Visitei também as barracas de artesanato. Comprei até uma xícara do festival. Acompanhei o cortejo do Boi Rosado e foi muito lindo ver as atrações da cultura popular como o coral de lavadeiras e o cortejo de congado. Realmente a cidade merece o título de capital mineira do folclore. Estavam todos em clima de festa”, conta.

Reforçando o apoio de diversos parceiros, o prefeito de Jequitibá, Humberto Reis, fez questão de agradecer a todos. “O Festival de Folclore agradece ao apoio de todos os funcionários da Prefeitura, das escolas, os parceiros como o CBH Velhas, a rede Sicoob, FIC, WWF, Câmara Municipal, os grupos folclóricos e artistas, toda a imprensa de Sete Lagoas e região, aos visitantes, enfim, a todos que colaboraram direta ou indiretamente. Somente com a ajuda desses parceiros conseguiríamos realizar esse grandioso evento que já ultrapassou as barreiras brasileiras. Um evento muito rico culturalmente e que muito nos orgulha. Ficamos muito felizes em ajudar a manter e promover a cultura e as tradições da nossa cidade”, comentou.

De acordo com a coordenadora do Festival, Valéria Assad, da AZ Produções, a edição desse ano superou todas as expectativas, sobretudo por ter agregado eventos paralelos em uma programação muito intensa. “A cidade transpirou cultura nesses quatro dias”. Valéria fez questão de agradecer o apoio de todos os parceiros e funcionários da Prefeitura. “Víamos nos olhos de cada um deles o orgulho em fazer parte deste evento, o que nos dá a responsabilidade de fazer melhor nos próximos”, espera.

Concurso gastronômico
Pelo segundo ano consecutivo o Festival de Folclore de Jequitibá realizou um concurso gastronômico para eleger o melhor prato servido pelos barraqueiros durante o evento. Ao todo nove receitas com ingredientes típicos da região disputaram a preferência do público e os troféus criados pelo artista plástico Euler Alves. O resultado foi divulgado no último dia do festival, domingo, 9. O primeiro lugar ficou com o prato “tropeiro com farinha de milho”, de Geralda Adriane. O segundo colocado foi “arroz de carreteiro com pequi e couve”, de Armando e Ângela. Já o terceiro lugar foi “pé no queijo com raiz de inhame”, de Eliana “Dequinha”. A eleição dos melhores pratos foi por meio de voto popular e júri técnico, composto por Adriana Ferreira (Circuito das Grutas), Narly Simões e Euler Alves (Ecos das Artes) e Elaine Francisco (secretária de Agroindústria de Funilândia).

IMG-8313 Para a feirante Alcione Silva, que vende licores, conservas, bordados e doces na feira de artesanato, é maravilhoso participar

Confira algumas fotos do evento AQUI.

Ascom Prefeitura de Jequitibá
comunicacao@jequitiba.mg.gov.br

Comentar

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Ir para o topo